Comunicação do Inventário

De acordo com a proposta de Orçamento do Estado para 2015, as empresas com uma faturação anual acima dos 100 mil euros, contabilidade organizada e que estejam obrigadas à elaboração de inventário, devem comunicar à Autoridade Tributária (AT), por transmissão eletrónica de dados, o inventário relativo ao último dia do exercício.

Esta comunicação deve ser realizada até ao final do primeiro mês seguinte à data do termo desse período, ou seja, 31 de janeiro na maioria das empresas.

Caso esta obrigação anual não seja cumprida, trata-se de uma contra ordenação grave, punível com coima entre 200 e 10.000 euros.

Perguntas Frequentes

Qual é o prazo para fazer a comunicação dos inventários?
A comunicação à AT deverá ser efetuada até 31 de janeiro do ano seguinte.  Relativamente às pessoas que adotem um período de tributação diferente do ano civil, a comunicação deve ser efetuado até ao final do primeiro mês seguinte ao termo desse período.

O que terá que ser comunicado no Inventário?
Deverão ser comunicadas as quantidades disponíveis em stock de cada artigo, ou seja, mercadorias, matérias-primas, subsidiárias e de consumo, produtos acabados e intermédios, subprodutos, desperdícios e refugos, e produtos e trabalhos em curso. Neste ficheiro não consta o preço unitário nem a valorização dos artigos.

• Como deve efetuar a comunicação?
Por transmissão eletrónica de dados no portal da AT, nomeadamente através da submissão de um ficheiro xml cuja estrutura foi definida pela AT no referido DL, ou, em alternativa, através de um ficheiro csv (editável em Excel).
Já disponibilizamos na nova versão do GESTORcs Versão Dezembro/14, com a possibilidade de exportar os artigos do Inventário para um ficheiro xml ou csv de acordo com o formato exigido.

Anúncios